Projeto de municipalização da água é aprovado pela 2ª vez na Câmara - Veja como foi a votação

Por Redação / VIA41
18/11/2021 - 18:12

Nesta quinta-feira (18/11), o projeto de lei que permite a municipalização da água de Eunápolis foi aprovado em segunda votação, por 12 votos a favor e apenas 2 votos contra. 

Foto: Tássio Loureiro / VIA41

Os vereadores que votaram a favor foram Carmen Lúcia, Gildair, Jorge Maécio, Adriano Cardoso, Valterlan, Tiago Mota, Pedro Queiroz, Marcão do Salão, Tó do Cavaco, Arthur Dapé, José Carlos dos Taxistas e Adeilson do Açougue. Os que votaram contra foram Renato Bromochenkel e Francis Gabriel. 

Na primeira votação o vereador Adeilson votou contra o projeto de lei, mas dessa vez optou por votar a favor, o mesmo não fez nenhuma justificativa pelo seu voto. Já o vereador Fabio Arruda e a vereadora Arilma não compareceram à sessão. 


Tiago Mota

O vereador Tiago Mota, defendeu o seu voto a favor da municipalização da água de Eunápolis e disse que a imprensa vem agindo de forma partidária contra a gestão municipal e não contra o projeto de lei votado. 

Pedro Queiroz

Já o vereador Pedro Queiroz deixou uma dúvida em seu discurso, pois votou a favor do projeto mas disse não acreditar que a gestão tenha capacidade para administrar o serviço da água.

O vereador Renato Bromochenkel, que votou contra, afirmou que a Embasa tem um contrato com o município há 20 anos, que não foi renovado e existe uma cláusula que se o contrato não for renovado e nem anulado na data de encerramento, o mesmo poderia ser renovado por mais 20 anos e, em caso de anulação, a Embasa deve ser indenizada com o valor do ativo não amortizado da concessão, que é de R$ 43.864.078,79. 

Renato Bromochenkel

No fim das contas, com projeto aprovado, a municipalização da água vem aí e outros prejuízos incalculáveis podem cair nas costas do cidadão eunapolitano. 

PUBLICIDADE
AVISO: Ao publicar nesta página você assume total responsabilidade pelo conteúdo do seu comentário.