Pedrão: Presidente da associação de ambulantes é investigado pela Polícia Civil por extorsão

Por Redação / VIA41
28/06/2022 - 01:17

Nesta segunda-feira (27/06), o presidente da Associação dos Ambulantes e Eventuais do Município de Eunápolis, Sandro dos Santos Souza e mais duas pessoas foram conduzidas para o Complexo Policial pela Polícia Civil, acusados de extorsão e vendas de licença solo aos ambulantes de forma ilegal.

Foto: Tássio Loureiro / VIA41

As vítimas registraram queixa na delegacia alegando que Sandro e outros membros da associação estavam cobrando taxas no valor de R$ 380,00 e mais R$ 300,00 reais para a associação e ameaçando os ambulantes, falando que estaria com representantes da cervejaria Ambev e 02 policiais civis fiscalizando todo o circuito da festa repreendendo quem estivesse vendendo produtos que não fossem da Ambev e expulsar quem estivesse de forma ''IRREGULAR''.

Os ambulantes apresentaram na delegacia recibos comprovando os pagamentos que foram feitos. 

PUBLICIDADE

Os policiais deram início a um trabalho de investigação e encontraram o presidente da associação no espaço do Pedrão e conduziu o mesmo para a delegacia. Sandro foi ouvido pelo delegado de plantão em seguida foi liberado. Segundo a polícia as investigações continuam. 

Em entrevista ao VIA41, Sandro falou da existência de uma terceira pessoa que estava fazendo o serviço ilegal. O presidente afirma que as denúncias são de pessoas que não tem vínculo com a associação, e esse tipo de comercialização não é de competência da associação e sim do município e os valores que foram pagos ele não tinha conhecimento. 

PUBLICIDADE
AVISO: Ao publicar nesta página você assume total responsabilidade pelo conteúdo do seu comentário.